Suspeito de ser o mandante do assassinato de dois advogados estaria preso em Goiânia

O suposto mandante seria um agiota com forte atuação em Brasília e no Entorno do Distrito Federal. Fala-se também que tem a ver com problema de terras

Advogados assassinados em Goiânia | Foto: Reprodução

O suspeito de ser o mandante do assassinato dos advogados Marcus Aprígio Chaves e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis estaria preso em Goiânia. Seria um agiota com forte atuação tanto em Brasília quanto no Entorno do Distrito Federal.

Pedro Henrique Martins Soares: o pistoleiro que matou dois advogados | Foto: Reprodução

A motivação do crime teria sido uma causa em que o agiota teria se sentido prejudicado. Queria receber 3,5 milhões de reais e teria recebido 300 mil reais.

Fala-se também numa questão de disputa de terras. Haveria um conflito sobre reintegração de posse.

O assassino confesso dos advogados é Pedro Henrique Martins Soares, de 25 anos, pistoleiro que teria assassinado várias pessoas. Ele atuou ao lado de um comparsa, que foi morto em confronto com a polícia, no Tocantins, mas admitiu que foi o autor dos tiros que matou os advogados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.