Suspeito de matar motorista de aplicativo era sócio da vítima, diz PC

Homicídio teria sido motivado por discordâncias nos negócios entre sócio e motorista, Emerson

Motorista de aplicativo morto no setor Recanto do Bosque/ Foto: Reprodução

De acordo com a Polícia Civil do Estado de Goiás, o suspeito de assassinar o motorista de aplicativo Emerson Ribeiro Povoa, de 37 anos, era sócio da vítima. O crime ocorreu no setor Recanto do Bosque, em Goiânia, na noite de quinta-feira, 9. Os dois realizavam diversos negócios, como arrendamento de fazendas, distribuidoras de bebidas e mercado têxtil. De acordo com o depoimento do próprio suspeito, depois de uma discordância entre os dois, o suspeito chamou Emerson para o local, com o argumento de entregar uma quantia em dinheiro para um investimento, quando efetuou os disparos contra a vítima.

Segundo a vizinhança, Emerson estava em um Renault Clio, quando um homem de moto parou ao lado do seu carro e disparou quatro tiros contra ele. A polícia foi acionada por volta das 22h10. Segundo o registro policial, o Corpo de Bombeiros chegou ao local do crime e uma médica confirmou a morte. A Polícia Técnico-Científica encontrou quatro perfurações de balas no corpo da vítima, que foi levada pelo IML.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.