Suspeito de mandar matar pai de 72 anos em Goiás se apresenta à polícia

O crime, ocorrido em Montes Claros de Goiás, teria sido motivado por uma briga por herança

Vítima, José Aparecido, ao lado do filho e suspeito, Frank Dias Diogo | Foto: Reprodução

Um jovem de 22 anos, suspeito de ter mandado matar o próprio pai, de 72, por causa de uma briga pela herança, se apresentou à Polícia Civil na manhã desta terça-feira, 26. O crime ocorreu no município de Montes Claros de Goiás, em setembro do ano passado.

Após ser considerado foragido, Frank Dias Diogo se apresentou na 20ª DDP, em Goiânia, situada na Rua C-99, praça C-10, Setor Sudoeste. O jovem, que responde a inquérito pelo crime, agora terá a prisão cautelar cumprida.

Relembre o caso

Conforme informações da Polícia Civil, Frank é suspeito de ter contratado outras três pessoas para ajudar a matar seu pai, José Aparecido Diogo, de 72 anos. O corpo da vítima estava amarrado e foi encontrado boiando em um rio.

José desapareceu em 18 de setembro do ano passado. Seu filho Frank não registrou o desaparecimento do pai e apresentava diferentes versões sobre o sumiço do idoso, o que chamou atenção da polícia.

De acordo com o delegado Ramon Queiroz, que atua no caso, José foi agredido com uma paulada na cabeça e sofreu outras lesões. Mas o laudo apontou que ele ainda estava vivo quando foi jogado no rio. A causa da morte foi o afogamento.

O crime teria sido motivado pela briga por uma fazenda, propriedade de José Aparecido e herança de Frank. O jovem tinha a intenção de vendê-la, o que não havia sido permitido pelo pai, o que acabou gerando descontentamento do suspeito.

Frank teria contratado três homens para executar o crime. Um deles era o peão da fazenda, Alvino de Moraes. Já os outros dois, Gabriel Gomes Dalberto e João Paulo Batista Alves, eram donos de um lava a jato. Segundo Queiroz, os dois últimos confessaram o crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.