Suposto serial killer é flagrado com objeto pontiagudo em audiência no TJGO

Durante revista, foi encontrado um cabo de escova de dente na cueca de Tiago Henrique. Polícia afirma que arma poderia ser usada na oitiva 

Juiz apresenta objeto em posse de Tiago Henrique | Foto: Wagner Soares /TJGO

Juiz apresenta objeto em posse de Tiago Henrique | Foto: Wagner Soares /TJGO

 

Alexandre Parrode e Sarah Teófilo

O suposto serial killer Tiago Henrique da Rocha foi flagrado na tarde desta segunda-feira (4/5) com uma possível arma branca.

Antes de participar de audiência na 1ª Vara Criminal de Goiânia, o vigilante foi revistado pelo agente prisional Moacir Crispim de Souza Júnior que identificou um objeto pontiagudo na cueca do acusado.

De acordo com informações do agente, se trata de um cabo de escova de dente, que estava afiado. A suspeita é de que este seria usado para ferir alguém. Moacir informou que será aberto um processo disciplinar contra o detento.

Em sua defesa, Tiago Henrique afirmou que estaria sendo ameaçado por outro preso e por isso carregava o objeto. O suposto serial killer afirmou que o objeto foi encontrado no presídio, e não fabricado por ele.

A advogada de Tiago, Brunna Moreno, disse que o acusado planejava jogar fora o objeto assim que saísse da prisão.

Audiência

O vigilante Tiago Henrique Gomes da Rocha foi ouvido nesta segunda-feira (4/5), em audiência na 1ª Vara Criminal de Goiânia, no processo que apura a morte de Bruna Gleycielle de Sousa Gonçalves.

Ela foi assassinada por volta das 22h40 do dia 8 de maio de 2014, em um ponto de ônibus na Avenida T-9, no Setor Bueno. As advogadas Welyta Ferreira dos Santos e Leonaine Alves de Carmago renunciaram a defesa do vigilantes. Continua atuando apenas a advogada Brunna Moreno de Miranda Bernardes.

Bruna Gleycielle aguardava o ônibus depois de sair do trabalho, quando foi abordada por um homem de moto, que anunciou assalto e pediu o celular dela. A jovem deixou o aparelho cair e, ao se abaixar para pegá-lo, levou um tiro no peito. O homem fugiu na moto.

Também foram designadas as audiências nos casos de Mauro Ferreira Nunes, dia 5 de maio, às 13h30; de Ana Rita de Lima, dia 5 de maio, às 14 horas; de Beatriz Cristina Oliveira Moura, dia 19 de maio, às 13h30, e de Rosirene Gualberto da Silva, dia 19 de maio, às 15 horas. Tramitam na 1ª Vara Criminal de Goiânia 21 processos envolvendo Tiago Henrique.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.