Comunicado do MP alerta para possíveis ataques do PCC em Goiás

Facção criminosa estaria em busca de “regalias” no sistema penitenciário

Um comunicado urgente assinado pelo promotor de Justiça e coordenador do CAO Criminal, Luciano Mirando Meireles, nesta semana alerta para a intenção da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) realizar ataques em Goiânia e nas regiões norte e sul do Estado nesta quarta-feira (13/6).

De acordo com o documento, possíveis ataques poderiam ter acontecido nesta terça-feira (12), o que não se concretizou. A motivação seria a busca por “regalias” no sistema penitenciário, mais especificamente no presídio Estadual de Anápolis, por causa da dificuldade de ingresso de aparelhos eletrônicos e o trato prisional mais rigoroso.

A intenção do PCC foi monitorada pelo Centro de Inteligência do Ministério Público de Goiás. “Não há informações de qualquer ataque a membros do Ministério Público ou respectivas sedes. Entretanto, por cautela, diante do narrado, sugere-se especial atenção a todos os promotores de justiça do Estado no que toca a sua segurança pessoal”, escreve o promotor no comunicado.

Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação do MP-GO informou que produzia nota sobre o assunto, mas não chegou a adiantar a veracidade do documento.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.