Suplementação para pagar salário de dezembro da Educação será destinada a todas as escolas

Anteriormente, a medida havia sido anunciada apenas para trabalhadores de unidades de Ensino em tempo integral

Bia de Lima, presidente do Sintego | Foto: Alberto Maia / Câmara Municipal

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), a suplementação, aprovada em primeira votação por meio do projeto de Lei 815/19, será destinada, agora, para todas as escolas. Isso, porque antes havia sido anunciado que a medida valeria apenas para aquelas de tempo integral.

A matéria foi apreciada na quinta-feira, 7, e teve maioria favorável. Com isso, segue para segunda votação. Segundo a presidenta, Bia de Lima, ainda há a previsão de chegada de um novo projeto à Alego, para liberação de R$ 20 milhões para dar continuidade ao pagamento de dezembro dos servidores da Educação.

Ela também comemorou o pagamento dos inativos na tarde desta sexta-feira, 8. E sobre dezembro, disse: “O Sintego tem trabalhado em prol de uma nova negociação para o pagamento do mês de dezembro para os/as aposentados/as. Não aceitaremos o parcelamento!”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.