Superintendente da PF em Goiás é cotado para assumir direção geral

Na lista para possíveis nomes substitutos a Ramagem, está Josélio Azevedo e o superintendente do Amazonas, Alexandre Silva Saraiva

Entre os nomes que surgem como possíveis indicados para a direção geral da Polícia Federal está o superintendente da em Goiás, o delegado Josélio Azevedo de Sousa. Ele aparece como uma opção após a anulação pelo STF da nomeação de Alexandre Ramagem para o comando da Polícia da Federal.

Segundo o jornal O Globo, na lista para possíveis nomes substitutos a Ramagem, está Josélio Azevedo e o superintendente do Amazonas, Alexandre Silva Saraiva.

O delegado Josélio tem vantagens que o despontam como mais cotado. Ele é visto como “um quadro muito qualificado” entre os pares. Ele ficou conhecido pelo seu trabalho envolvendo políticos com foro privilegiado nos anos mais quentes da operação Lava-Jato. Foi Josélio quem estruturou o chamado “Sinq”, grupo de delegados que responde pelos inquéritos que correm no Supremo Tribunal Federal. Além disso, Josélio tem boa relação com o ministro da Justiça, André Mendonça.

Já Saraiva enfrenta resistência interna. O motivo é que o nome dele era o favorito de Bolsonaro para assumir a chefia da PF no Rio quando Bolsonaro fez sua primeira tentativa de intervenção do órgão, no ano passado. Ele queria tirar o então superintendente Ricardo Saadi para colocar Saraiva no lugar. A tentativa não prosperou.

Anderson Torres, secretário de segurança Pública do Distrito Federal, que chegou a ser cotado para o posto com Ramagem, tem poucas chances, na avaliação da PF, pois seu nome correria o risco de também ser derrubado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). (Com informações de O Globo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.