Superdotada de 13 anos forma-se em psicologia, está fazendo mestrado e já pensa no doutorado

Dafne Anaya aprendeu a ler e a escrever sozinha quando tinha pouco mais de 2 anos

O ritmo dos superdotados não é o mesmo das chamadas pessoas “normais”. O que não quer dizer que são “anormais”. São, isto sim, diferentes em termos de inteligência. Por isso, como fazem alguns países, como Estados Unidos, entram nas universidades mais cedo e às vezes se formam antes dos 18 anos. A mexicana Dafne Almazán Anaya, de 13 anos, acaba de se formar em Psicologia.

Segundo o repórter Juan Manuel Ramírez, da Agência EFE, Dafne é a graduada em Psicologia “mais jovem do mundo”. Mas a garota se considera inteiramente normal. “Sou uma menina normal, tenho amigas fora da escola, elas vão a minha casa e fazemos coisas, mas também tenho minhas amigas na escola. Vamos ao cinema, ao shopping e me tratam bem, como uma menina normal”, disse a psicóloga. Quando tinha pouco mais de 2 anos, Dafne aprendeu a ler e a escrever sozinha.

Seus dois irmãos, Delany e Andrew, “se formaram psicólogos aos 17 e 16 anos”. Andrew, agora com 20 anos, “dirige as pesquisas científicas do Centro de Atenção ao Talento (Cedat), fundado por seus pais, Asdrúbal Almazán e Dunia Anaya, para que outras crianças não passem pelo que passou. Ele foi diagnosticado com transtorno de déficit de atenção, e não recebia o tratamento adequado aos seus insolentes conhecimentos no sistema tradicional”.

Extremamente articulada, ao ser abordada pelo repórter, Dafne disse: “As crianças superdotadas, que são muito competitivas, têm que ter um diagnóstico correto e a tempo, porque erroneamente costumam ser diagnosticadas com déficit de atenção, e, se não recebem estímulos adequados, perdem seu potencial”. A psicóloga, antes de fazer o curso superior, não foi educada em escolas tradicionais.

Dafne já está fazendo mestrado, no Instituto Tecnológico e de Estudos Superiores de Monterrey, e já está pensando no seu doutorado. “E, dependendo da minha idade, outra carreira, porque ainda tenho muito a aprender”, sublinhou.

Com extrema facilidade nos estudos, inclusive para aprender línguas, Dafne está estudando chinês e francês e fala inglês fluentemente. Ela estuda piano — adora música erudita e o grupo Maroon 5 — e é faixa amarela de tae-kwon-do.

2 respostas para “Superdotada de 13 anos forma-se em psicologia, está fazendo mestrado e já pensa no doutorado”

  1. Avatar Moacir Romeiro disse:

    Em faculdades do México e da Bolívia, qualquer pessoa consegue um curso superior.

  2. Avatar Antonio Alves disse:

    ESSA MENINA NÃO É O MÁXIMO, É A DAFNE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.