Esse é o segundo recurso negado pela Quinta Turma. A defesa de Lula alegou lawfare

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva | Foto: reprodução/ Instituto Lula

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou nesta terça-feira, 17, novo recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Com a decisão, a condenação de Lula no caso do triplex do Guarujá (SP) fica mantida.

Esse é o segundo recurso negado pela Quinta Turma contra a condenação. Após a decisão, a defesa de Lula divulgou a seguinte nota:

Em alguns minutos o STJ julgou o recurso que interpusemos em favor do ex-presidente Lula sem efetivamente analisar as inúmeras ilegalidades existentes no processo e a injusta da condenação que foi a ele imposta. Essa situação reforça a necessidade de análise dos recursos e Habeas Corpus que já estão no Supremo Tribunal Federal sobre tais ilegalidades. Lula não praticou qualquer crime e é vítima de lawfare.

Lawfare se refere ao uso ou manipulação das leis para atingir um oponente desrespeitando os procedimentos legais e os direitos do indivíduo.