Decisão atende ao pedido da defesa, que defende que apuração sobre supostas doações ilegais para campanha seja transferida para Supremo

Senador José Serra | Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, suspendeu nesta quarta-feira, 29, duas investigações contra o senador José Serra (PSDB-SP). A investigações haviam sido abertas pela Justiça de São Paulo para apurar supostas doações ilegais para campanha.

A decisão atende ao pedido da defesa, que defende que o caso seja transferido para o STF. As investigações abertas pela Justiça Eleitoral e pela Justiça Federal ficarão suspensas até o relator do caso, ministro Gilmar Mendes, analisar o processo. 

Por causa do recesso de julho na Corte, coube a Toffoli, que decide sobre as questões do Supremo, julgar a liminar.