STF marca julgamento sobre auxílio-moradia e juízes convocam paralisação nacional

Associação de Juízes Federais do Brasil decidiu pela greve no dia 15 de março

A pauta de julgamentos do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) aponta que em 22 de março será julgado o auxílio-moradia pago a juízes de todo o país. Serão julgadas seis ações sobre o tema, cinco delas sob relatoria do ministro Luiz Fux e uma relatada por Luís Roberto Barroso.

Por conta disso, a diretoria da Ajufe (Associação de Juízes Federais do Brasil) decidiu convocar uma paralisação da categoria para o dia 15 de março. A informação é da Folha de São Paulo.

A greve será referendada em votação virtual dos 2.000 associados da entidade ao longo do dia. O presidente Roberto Veloso também marcou uma assembleia extraordinária para decidir sobre uma greve por tempo indeterminado a partir de 3 de abril.

Desde setembro de 2014, por força de liminares (decisões provisórias) do ministro Fux, todos os juízes federais passaram a ter direito ao auxílio-moradia, hoje no valor de R$ 4.378, sem que o assunto fosse analisado pelo plenário.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
ziro

Como cidadão, que paga um absurdo de tributos, na minha opinião, super auxílio moradia mensal no valor de R$ 4,3 mil, corrupção, crime hediondo, é tudo igual, não tem diferença, é meter a mão no dinheiro público sem autorização da população, que aliás, faz falta na saúde pública, que causa mortes em crianças e idosos por falta de atendimento na fila quilométrica do sus. É simples, se não concordam em ganhar R$ 33700 mensal, caiam fora, pede demissão, tem milhares interessados na vaga. Também deve acabar com a mamata dos 60 dias de férias e dos absurdos pontos facultativos, pois,… Leia mais