STF determina soltura de ex-governador de Tocantins, Marcelo Miranda

Habeas Corpus foi concedido a Marcelo e seu irmão, José Miranda Junior. Os dois foram presos na Operação 12º  Trabalho, da PF

José Miranda e Marcelo Miranda – Fotos – Divulgação

O Ministro do STF, Alexandre de Morais, determinou nesta quarta-feira, 19, a imediata liberdade do ex-governador Marcelo Miranda (MDB), como também do seu irmão José Brito Miranda Junior, ambos presos desde o dia 26 de setembro de 2019, em decorrência da Operação 12º Trabalho. Por ter exercido o cargo de governador, Marcelo Miranda estava recluso no Comando Geral da Polícia Militar, enquanto Júnior Miranda, na Casa de Prisão Provisória de Palmas.

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal os acusam de fazerem o aparelhamento do Estado, mediante a ocupação de cargos comissionados estratégicos, para a atuação de uma organização criminosa que teria desviado mais de R$ 300 milhões. Além disso, a liberdade de ambos não havia sido deferido anteriormente sob a alegação de que atrapalhariam as investigações, como também, intimidariam testemunhas e destruiriam provas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.