STF determina soltura de blogueiro Oswaldo Eustáquio

No entanto, blogueiro não poderá usar redes sociais, deixar Distrito Federal ou se aproximar da Praça dos Três Poderes e das residências dos ministros do Supremo

Oswaldo Eustáquio, blogueiro investigado no inquérito do STF que apura a articulação de atos antidemocráticos. Foto: Reprodução.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou a soltura do jornalista Oswaldo Eustáquio neste domingo, 5. Investigado no inquérito do STF que apura o financiamento e a articulação de atos antidemocráticos, Eustáquio estava preso desde o dia 26 de junho.

A ordem de soltura impõe restrições à circulação do blogueiro, que não poderá deixar o Distrito Federal e deverá manter distância de pelo menos um quilômetro da Praça dos Três Poderes e das residências dos ministros do Supremo. Além disso, Eustáquio também não poderá usar redes sociais nem manter contatos com pessoas investigadas.

Eustáquio é suspeito de “impulsionar o extremismo do discurso de polarização contra o STF e o Congresso Nacional”, por meio das redes sociais. A defesa do blogueiro argumenta que “levar jornalistas ao calabouço, pelo uso da palavra escrita ou falada, mesmo por militância política, abre um perigoso precedente”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.