STF abre inquérito contra Jucá, Renan e Sarney por tentativa de obstrução da Lava Jato

A partir de pedido da PGR, Fachin autorizou investigação com base em gravações feitas pelo ex-diretor da Transpetro, Sérgio Machado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin autorizou na última quinta-feira (9/2) abertura de inquérito para investigar os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR), além do ex-senador José Sarney e o ex-diretor da Transpetro Sérgio Machado. Os investigados são acusados crime de embaraço às investigações da Operação Lava Jato. O crime de embaraço se refere à tentativa de barrar ou atrapalhar uma investigação.

Fachin atendeu a um pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na segunda-feira (6). As acusações foram baseadas no acordo de delação premiada de Sérgio Machado e em conversas gravadas com os envolvidos. As gravações foram divulgadas no ano passado, após a retirada do sigilo do conteúdo das delações de Machado. Em uma das conversas, Romero Jucá citou um suposto “acordo nacional” para “estancar a sangria”.

Segundo o procurador, os acusados “demonstram a motivação de estancar e impedir, o quanto antes, os avanços da Operação Lava Jato em relação a políticos, especialmente do PMDB, do PSDB e do próprio PT, por meio de acordo com o STF e da aprovação de mudanças legislativas.”

Outro lado

O senador Romero Jucá nega que tenha tentado obstruir qualquer operação do Ministério Público e diz que a investigação e a quebra de sigilo do processo irão mostrar a verdade dos fatos.

Em nota, a assessoria de Renan Calheiros nega as acusações da PGR. “O senador Renan Calheiros reafirma que não fez nenhum ato para dificultar ou embaraçar qualquer investigação, já que é um defensor da independência entre os poderes. O inquérito comprovará os argumentos e do senador e, sem duvida, será arquivado por absoluta inconsistência.”, diz o texto.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Roberto Brandao

Como se trata de fortes e ‘eternos politiqueiros de plantão’ que pertencem a um ‘forte partido’ irá também virar ‘PIZZA’ não dando em nada… Fossem do PT……
Tem tudo para se transformar numa ‘similar’ do “NÃO VEM AO CASO” tão utilizado para ‘blindar’ os figurões do PSDB, infelizmente!… Vamos pagar pra ver!!!… ACORDA BRASIL !!!