Sobrinho de Bolsonaro é nomeado como assessor parlamentar no Senado

Leo Índio integra, agora, a equipe de assessores do senador Chico Rodrigues (DEM-RR). Sua remuneração mensal será de R$ 14.802,41

Com camisa de clube goiano, Jair Bolsonaro posa para foto ao lado do sobrinho / Foto: Reprodução/Internet

Leonardo Rodrigues de Jesus é o mais novo contratado do Senado. Conhecido como Leo Índio o servidor é também sobrinho do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Ele ocupará o cargo de assessor parlamentar no Legislativo e terá uma remuneração mensal de R$ 14.802,41.

Leo Índio, que também é conhecido pelo livre trânsito no Palácio do Planalto, foi nomeado para a assessoria do senador Chico Rodrigues (DEM-RR).

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, Índio já teria participado de reuniões importantes com autoridades ligadas a reforma da Previdência. Ele também esteve ao lado de Bolsonaro durante a viagem do presente à Brumadinho onde sobrevoou a região afetada pelo rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.