SMT encontra irregularidades no estacionamento do Carrefour e Wallmart, em Goiânia

Agentes de trânsito multaram, apenas nessa quarta-feira (14/1), 25 motoristas por estacionara em lugares inadequados

unnamed (1)

Foto: SMT

Nesta semana, a Secretaria de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT) intensificou a fiscalização em vagas de estacionamento para idosos e portadores de necessidades especiais (PNE) em Goiânia. Os pontos escolhidos foram os de intensa movimentação, como shoppings e hipermercados. Somente nessa quarta-feira (14/1), foram lavrados 25 autos de infração de motoristas que estacionaram em locais proibidos.

Durante a fiscalização, foram encontradas irregularidades nos estacionamentos do Carrefour Sul e Wallmart. Agora, os estabelecimentos terão que adequar a sinalização conforme estabelece o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Em nota enviada ao Jornal Opção Online, o Carrefour informou que a companhia já está trabalhando para se adequar às recomendações da SMT e reiterou seu compromisso em cumprir rigorosamente a legislação vigente. A reportagem também entrou em contato com o Wallmart, mas as ligações não foram atendidas.

Por sua vez, o secretário da SMT, José Geraldo Freire, disse que as infrações aumentam nesta época do ano. “Principalmente neste período de férias escolares, o fluxo em determinados locais cresce e as irregularidades também”, justificou à reportagem.

Somente no Flamboyant Shopping Center, agentes da pasta multaram 20 condutores que estavam estacionados sem o cartão de identificação específico em vagas reservadas. A multa para é considerada leve, no valor de R$ 53,20. O motorista flagrado de forma irregular também é autuado com 3 pontos na carteira nacional de habilitação (CNH). De janeiro a dezembro do ano passado, ações semelhantes autuaram 1.337 infratores em vagas reservadas para idosos e 812 para pessoas com deficiência, totalizando 2.149 autuações.

idoso

Exemplo de vaga sinalizadas em desconformidade com a lei | Foto: SMT/ Divulgação

O segundo problema apontado pelo secretário é que determinados locais andam em desacordo com a legislação vigente. “As maiores irregularidades, neste caso, são as placas de sinalização fora do padrão especificado por lei. Em agências bancárias, por exemplo, geralmente encontramos placas com a frase ‘vagas para idosos’. Este não é o modelo que deve ser seguido. Além disso, os estabelecimentos devem destinar 5% das vagas para idosos e 2% para deficientes”, explicou.

No Brasil, as sinalizações de vagas de estacionamento exclusivas para deficientes são geralmente pintadas em azul. O “símbolo internacional da acessibilidade” representa uma pessoa sentada numa cadeira de rodas, e é geralmente pintada no meio da vaga de estacionamento. Um placa proeminente dizendo “vaga exclusiva para deficientes” também é solicitada. As placas de sinalização devem estar dispostas na frente das vagas de estacionamento.

Alerta

Para o idoso ou deficiente estacionar nas vagas reservadas é exigido o uso obrigatório do cartão, que pode ser solicitado na SMT ou nas agências do Vapt-Vupt.

Para José Geraldo, os próprios condutores não procuram os órgãos públicos para emitir o documento. “Essas pessoas devem procurar seus direitos. Se os agentes encontrarem um carro estacionado sem o cartão exposto, o mesmo será multado, pois não tem como confirmar se o veículo pertence a algum idoso ou deficiente”, afirmou.

Para adquirir o cartão, é necessário que o motorista leve fotocópia da carteira de identidade, do CPF e comprovante de endereço. No caso dos portadores de necessidades especiais, é preciso do laudo médico ou da carteira de habilitação que comprove a situação.

Para ter a autorização, a pessoa não precisa ser habilitada, sendo ela a passageira do veículo.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Epaminondas

Não se pode dizer que quem estaciona na vaga de PNE não sofra algum tipo de deficiência.

De caráter.