Sistema de frequência desenvolvido pela Alego se torna modelo para Assembleia de MG

Representantes do Legislativo Mineiro fizeram visita para conhecer sistema que visa transparência no registro de ponto de servidores. Modelo já foi adotado por outras Casas Legislativas

Visita de servidores da ALMG à Alego / Foto: Divulgação/SecomA Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) recebeu a visita do diretor de Recursos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Teophilo Moreira, e outros servidores. O encontro ocorreu na manhã desta terça-feira, 28, e serviu para uma demostração do sistema de frequência dos servidores da Casa, que se tornou um modelo de transparência.

“O modelo da Alego já foi adotado por outras Casas Legislativas do país e tem sido referência para todo o Brasil. Ao longo da nossa gestão continuaremos desenvolvendo outras ações voltadas para o fortalecimento e credibilidade do Poder Legislativo goiano”, declarou o presidente da Casa, deputado estadual Lissauer Vieira (PSB).

“Vamos repassar para Theophilo, Dayana e Bruna nossos sistema de ponto eletrônico, frequência manual, todos os procedimentos para levantamento de faltas, de abono de pontos (faltas). E o mais importante criado pelo nosso corpo de servidores da TI”, afirmou Tasso Honorato Reis, diretor de Gestão de Pessoas da Alego.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.