Sistema de Avaliação mostra avanço no ensino de português e matemática em Goiás

Desempenho dos alunos do Ensino Fundamental e Médio em 2015 nas duas disciplinas teve melhora em cinco das seis séries avaliadas no Sistema de Avaliação Educacional de Goiás (Saego)

Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) divulgou nesta quarta-feira (6/4) dados do Saego referentes ao ano de 2015 | Foto: Seduce

Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) divulgou nesta quarta-feira (6/4) dados do Saego referentes ao ano de 2015 | Foto: Seduce

Os resultados do Sistema de Avaliação Educacional de Goiás (Saego) do ano de 2015 foram divulgados nesta quarta-feira (6/4) pela Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce). De acordo com a pasta, houve avanço no ensino de Língua Portuguesa e Matemática no Estado. A pasta detectou, por meio do Saego, um dos maiores índices de participação do Brasil no 5º ano do Ensino Fundamental em Goiás.

O Sistema de Avaliação, como explicou a Seduce, traça um diagnóstico do desempenho dos alunos do Ensino Fundamental e Médio nas disciplinas Língua Portuguesa e Matemática. A partir das informações apontadas pelo Saego, práticas pedagógicas são subsidiadas para serem implantadas na sala de aula, informou a secretaria.

Cinco das seis séries avaliadas pelo Saego tiveram “resultados significativos” em 2015 quando comparados com os dados referentes a 2014, afirmou a Seduce. Em Português, houve registro de 217,1 pontos no 5º ano do Ensino Fundamental no ano passado, quando a nota foi 207,8 pontos em 2014.

Já no 9º ano, a nota subiu de 251,4 em 2014 para 257,6 no ano de 2015. Houve também, entre os estudantes da 3ª série do Ensino Médio, nota em Língua Portuguesa de 272,1 pontos (2015), que supera os 267,7 da avaliação anterior. Quando comparados com os dados de 2013, todos os anos nos Ensinos Fundamental e Médio tiveram alta nas notas, informou a Seduce.

Já na disciplina Matemática, o salto foi de 219,2 pontos em 2014 para 228,9 no ano passado nos números registrados no 5º ano do Ensino Fundamental. No 9º ano, houve desempenho detectado de 254,1 pontos em 2015, quando no ano anterior a nota foi de 250,3.

A queda na avaliação aconteceu entre os estudantes da 3ª série do Ensino Médio em Matemática, que caiu de 266,6 pontos no ano de 2014 para 264,1 em 2015. “Em contrapartida, a pontuação superou a de 2013, que foi de 262,7 o que demonstra viés de crescimento a médio prazo”, informou a secretaria.

De acordo com o superintendente executivo de Educação, Marcos das Neves, a Avaliação Dirigida Amostral (ADA), desenvolvido pela Seduce em 2015, foi uma das ações que contribuiu para o avanço no ensino das duas disciplinas em Goiás. Além desse instrumento pedagógico, Marcos afirmou que os dados do Saego ajudam o setor público a aperfeiçoar seu planejamento e aplicar práticas pedagógicas no “desenvolvimento da aprendizagem”.

“Com essa ferramenta, nós medimos os resultados obtidos em uma amostra representativa da realidade do estado, identificamos os pontos frágeis, trabalhamos esses pontos e replicamos as orientações em toda as 1150 escolas da rede como orientação de trabalho em sala de aula. Todas as escolas já receberam, desde o início do ano, verbas extras para rodar esse material e distribuí-lo para alunos e professores.”

ADA

A ferramenta pedagógica Avaliação Dirigida Amostral (ADA) será uma ação continuada da Seduce, informou o superintendente executivo de Educação. “A avaliação é feita todo mês e as orientações chegam às escolas uma semana após a aplicação da avaliação do teste o que permite uma recuperação paralela do aluno antes que a defasagem daqueles conteúdos possa comprometer a aprendizagem”, explicou Marcos.

Segundo os dados do Saego para 2015, o nível de participação foi mais um ponto positivo. Entre os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, a participação chegou a 93,9%, que a Seduce apontou como uma das maiores do Brasil. Em 2014, o índice registrado foi de 92,7%.

O nível de participação registrado no 9º ano do Ensino Fundamental passou de 85,3% em 2014 para 88,6% no ano passado. E houve o mais alto crescimento, que foi registrado no 3º ano do Ensino Médio, quando os estudantes que participaram saíram dos 72,9% e chegaram a 78,2% em 2015. (Com informações da Seduce)

Uma resposta para “Sistema de Avaliação mostra avanço no ensino de português e matemática em Goiás”

  1. angela disse:

    Os resultados da ADA aplicada em minhas turmas nunca chegaram as minhas mãos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.