Sintego comemora aprovação da data-base e pagamento antecipado pela Prefeitura de Goiânia

Presidente Bia de Lima afirmou que Câmara Municipal honrou compromisso com professores, aprovando a matéria  

Antes da aprovação definitiva da nova data-base, os professores da rede municipal de ensino de Goiânia já irão receber o reajuste salarial de abril, que será pago no próximo mês. A decisão foi comemorada pela presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), Bia Lima. “A Câmara cumpriu o compromisso conosco, mas a prefeitura não esperou o trâmite legal e liberou nesta folha. O reajuste virá em maio retroativo a abril”, diz.

O Projeto de Lei (PL), aprovado em definitivo pelos vereadores na sessão desta quinta-feira, 28, cuja sindicalista se refere, instituiu aumento de 9,32% para a categoria, a ser pago desde 1º de abril deste ano. “O Sintego não abre mão do compromisso que foi feito com toda a categoria”, emenda. Ao todo, a Câmara aprovou dois projetos, o de número 120/2022 e 004/2022, ambos de autoria da Prefeitura de Goiânia. O primeiro concedeu revisão geral da remuneração aos servidores públicos municipais e o segundo reajustou os salários dos professores e administrativos da educação, concedendo o auxílio-locomoção.

Por quase 30 dias, os professores da capital paralisaram as atividades. A Justiça chegou a considerar a greve ilegal. Os professores retornaram às aulas e houve acordo entre a prefeitura e a classe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.