Sindicato de profissionais de saúde marca protesto contra flexibilização

Objetivo é cobrar dos parlamentares apoio para evitar a flexibilização do isolamento social na capital

O Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Estado de Goiás (SindSaúde-GO) e as entidades que fazem parte do Comitê Goiano em Defesa dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Saúde e de Enfrentamento à Pandemia da COVID – 19, realizam um ato, nesta sexta-feira, 5, às 9h30, na Câmara Municipal de Goiânia.

O objetivo é cobrar dos parlamentares apoio para evitar a flexibilização do isolamento social na capital e assegurar a participação destas entidades nas discussões que envolvem medidas de proteção da vida dos trabalhadores e da população na pandemia da Covid-19.

Durante a atividade, as entidades tomarão todos os cuidados preconizados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para evitar a propagação do vírus, como o uso de máscaras e álcool em gel, distanciamento.

O protesto, que é parte da Campanha “Eu Defendo A Saúde”, contará com arte cênica simbólica, para demonstrar os riscos da quebra do isolamento social e abertura do comércio na capital e em todo o estado.

O argumento das entidade é com mais vírus circulando, o pico da contaminação por Covid-19 previsto para o mês de julho em Goiás, irá agravar de forma exponencial a demanda por leitos e respiradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.