Sindepol repudia ataques contra delegada do caso envolvendo advogada agredida

Procedimento adotado pela titular da Deam no caso que ganhou repercussão nacional está correto, diz nota

Foto: Reprodução

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Goiás (Sindepol) divulgou neste sábado, 5, uma nota repudiando os ataques sofrido pela titular da Delegacia Especializada no atendimento à Mulher (Deam), Ana Elisa Gomes Martins. A delegada tem sido alvo de ofensas devido à repercussão do caso envolvendo a advogada Luciana Sinzimbra que foi agredida pelo ex-namorado, Victor Junqueira.

Nas redes sociais, a conduta da titular da Deam tem sido questionada pelo fato do agressor não ter sido preso. No entanto, o Sindepol reafirma que, “todos os procedimentos adotados por Ana Elisa foram corretos”. Leia a nota na íntegra:

NOTA DE DESAGRAVO

O SINDICATO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO ESTADO DE GOIÁS (SINDEPOL) repudia os recentes ataques desferidos por internautas nas redes sociais contra a DELEGADA ANA ELISA GOMES MARTINS, titular da DELEGACIA ESPECIALIZADA NO ATENDIMENTO À MULHER (DEAM).

Internet não é território sem lei onde são permitidos posts ofensivos e declarações difamatórias. Todos os procedimentos adotados pela DELEGADA ANA ELISA, no caso da advogada Luciana Sinzimbra – agredida pelo ex-namorado, o piloto Victor Junqueira – foram corretos.

O SINDEPOL se solidariza com a titular da (DEAM) e reafirma que seriedade, independência e profissionalismo são marcas inequívocas do seu excelente trabalho.

Goiânia, 5 de janeiro de 2019.

Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Goiás (SINDEPOL).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Luis Vieira

Então, mete a porrada Vitor Junqueira! O papai e os delegados garantem!