Simpósio orienta prefeitos sobre prestação de contas do programa Goiás na Frente

Objetivo é dar agilidade ao processo de repasse de recursos

Governador José Eliton durante Simpósio | Foto: Wildes Barbosa

O governador José Eliton participou na tarde desta terça-feira (15/5) do I Simpósio de Prestação de Contas do programa Goiás na Frente, no Auditório do Tribunal de Contas do Estado (TCE), no Setor Jaó, em Goiânia.

O objetivo do encontro é esclarecer e orientar os prefeitos dos municípios goianos sobre a prestação de contas dos recursos advindos do programa Goiás na Frente. “É um ato burocrático importante inclusive para a transparência do processo de transferência de recursos do estado para os municípios. É um programa e um evento em que todos ganham”, afirmou o governador.

José Eliton afirmou que todas as etapas do programa estão dentro do cronograma e destacou a importância de dar agilidade e atender os prefeitos, capacitando-os para apresentar a prestação de contas. Ele ressaltou que algumas prefeituras já receberam a oitava parcela dos recursos enquanto outros ainda estão recebendo a primeira.

O presidente do TCE, Kennedy Trindade, destacou os números robustos do programa e parabenizou a iniciativa. “Quando o poder executivo faz um simpósio para ensinar a todos os prefeitos como prestar contas de verbas que estão sendo aplicadas nos municípios nós temos que bater palmas”.

O Programa Goiás na Frente, lançado no dia 30 de março de 2017, e coordenado pelo governador José Eliton, na época vice-governador do estado, reúne investimentos da ordem de R$ 9 bilhões, sendo R$ 6 bilhões do governo e R$ 3 bilhões advindos da iniciativa privada, e com alcance a todos os 246 municípios do Estado.

Uma das vertentes do programa é o apoio aos municípios por meio de convênios assinados entre a Prefeitura e a Secretaria de Governo do Estado (Segov). Até o momento, o programa Goiás na Frente tem 303 convênios aprovados junto a 222 municípios. Desses, 231 já foram assinados com 187 municípios. Os convênios aprovados somam R$ 441,3 milhões; e os assinados, R$ 348,6 milhões. O total previsto para investimentos no apoio aos municípios é de cerca de R$ 570 milhões

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.