Geraldo Alckmin não atraiu o voto conservador para o candidato a presidente pelo PT e se tornou um vice decorativo

O vice do candidato a presidente pelo PT, Lula da Silva, é Geraldo Alckmin, do PSB.

Alckmin foi entronizado como vice de Lula da Silva para “puxar” parte do eleitorado conservador. Em tese, um acerto. Pois trata-se de um político responsável e experiente (foi governador de São Paulo várias vezes).

Na prática, o eleitorado conservador bandeou-se para o candidato do PL, o presidente Jair Bolsonaro.

Lula da Silva e Geraldo Alckmin: aliança entre a esquerda e a centro-direita | Foto: Divulgação

Então, ao menos no momento, Alckmin, ainda que um político de estatura, se tornou uma figura decorativa na campanha de Lula da Silva.

Na verdade, quem está se comportando como “verdadeira” vice — ainda que informal — é a senadora Simone Tebet, do MDB.

Simone Tebet tem aparecido cada vez mais ao lado de Lula da Silva e tem sido citada como possível ministra da Agricultura ou da Educação. Há quem postule, até, que pode ser ministra da Fazenda ou do Desenvolvimento Social.