Siamesas melhoram, mas estado de saúde continua grave

Crianças seguem internadas na UTI neonatal do Materno Infantil. Mãe das meninas recebeu alta na última segunda-feira (28/4)

O estado de saúde das gêmeas siamesas que nasceram no Hospital Materno Infantil (HMI) no último dia 22 passou de “gravíssimo” para “grave” na tarde da última segunda-feira (27/4).

Apesar da melhora, as irmãs seguem internadas na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal do HMI e respiram com ajuda de aparelhos.

As crianças, que nasceram com 38 semanas, são unidas pelo tórax e abdômen e compartilham o coração e o fígado. A mãe das meninas, Vânia Prates Corpórea, recebeu alta na manhã de ontem e seu estado de saúde é bom.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.