Shoppings preveem movimentar R$5,6 bi no fim de ano

A expectativa dos shoppings é que o fluxo de pessoas seja 17% superior ao observado em 2020, momento em que setor funcionava com restrições

A Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce) realizou pesquisa de Expectativas Natal de 2021 em todo o País. O levantamento feito apontou estimativa de vendas de 16% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, prevendo uma movimentação para o setor de R$ 5,6 bilhões, entre os dias 19 e 25 de dezembro. Entre as categorias em destaque está os calçados com 60%.

Além do aumento nas vendas, o comércio nos shoppings deve resultar em um tíquete médio de R$ 219, o que representa um valor 11,2% maior que os R$ 197 do ano passado e 17,7% superior ao registrado em 2019, quando as vendas médias foram de R$ 186. Na avaliação do presidente da Abrasce, Glauco Humai, após quase dois anos de pandemia, os números deste Natal representam não apenas a resiliência do setor, mas um horizonte promissor para 2022.

A expectativa dos shoppings é que o fluxo de pessoas seja 17% superior ao observado em 2020, momento em que setor funcionava com restrições. Na pesquisa, os shoppings reforçaram o cumprimento das exigências dos decretos estaduais e municipais, como uso obrigatório de máscara, higienização dos ambientes, aplicação das regras de distanciamento para evitar aglomerações, disponibilização de álcool gel nos mais variados pontos, dentre outras iniciativas.

Além das vendas presenciais, destacaram as vendas on-line (47%), o delivery (43%), o drive-thru (34%) e o lockers (17%). Os números demonstram a resiliência e a adaptação do setor a novas ferramentas, que venham agregar ao varejo físico. Ainda na pesquisa, o levantamento mostrou que o volume de trabalhadores temporários contratados pelo setor para o período do fim de ano registraram um incremento de 11% ao quadro atual de funcionários. Estima-se que o setor conte com 100 mil trabalhadores a mais no Natal de 2021.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.