Shoppings de Goiânia prometem reabertura sob duras regras de sanitização

Empreendimentos poderão retornar às atividades a partir da próxima segunda-feira, 22. Presidente do conselho deliberativo da Abrasce garante que tudo será feito com total segurança e responsabilidade

Após a prefeitura de Goiânia autorizar a reabertura dos shoppings centers da capital a partir da próxima segunda-feira, 22, o Jornal Opção conversou com o presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), Fernando Maia, para saber como andam os preparativos.

Segundo Maia, há tempos esses empreendimentos já se encontravam aptos à reabertura. “Desde abril nós já tínhamos todos os protocolos apresentados ao governo e à prefeitura, assegurando a segurança da retomada das atividades. Lá atrás nós construímos um rígido protocolo que contém uma série de restrições. Estamos completamente preparados e não teremos qualquer dificuldade para implantar essas medidas”, garantiu.

Questionado a respeito de quais seriam essas mudanças, Maia explicou que dentre elas está a proibição de funcionamento das praças de alimentação e espaços de lazer, além da sanitização de banheiros com padrão hospitalar e redução do número de vagas de estacionamento.

“Mas não só, teremos álcool em gel espalhados por todas as dependências dos shoppings, tapetes de sanitização, além de um monitoramento constante das imagens de segurança, onde surgir uma aglomeração ela será imediatamente impedida pela equipe de segurança”, relatou.

Ele assegura que a eficácia em implementar medidas seguras como essas estão no “DNA” desses empreendimentos. “Sem contar que já aprendemos muito com os mais de 400 shoppings que já se encontram abertos em todo o país”. Maia arriscou dizer, ainda, que, na verdade, shoppings abertos poderão contribuir com o barramento do avanço da Covid-19.

“Pessoas estão se aglomerando a todo momento me locais que oferecem risco como em um mercadinho, em mercearias e outros pontos da cidade. Diferente desses ambientes temos nos shoppings um protocolo muito rígido a ser seguido e que poderá evitar que as pessoas se aglomerem em outros pontos da cidade e transitem sem a devida segurança”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.