Sheron Menezzes sobre ataques racistas: “Tomarei as providências cabíveis”

Atriz global sugere que criminosos serão identificados pela Polícia Federal e devem ser presos pelo crime 

Atriz global Sheron Menezzes | Reprodução/Facebok

Atriz global Sheron Menezzes | Reprodução/Facebok

A atriz global Sheron Menezzes usou as redes sociais na madrugada desta segunda-feira (7) para responder aos ataques racistas sofridos recentemente na internet.

“Tomarei as providências cabíveis. Acho melhor tirarem as suas máscaras e se revelarem publicamente, pois se não o fizerem a Polícia Federal o fará. Um a um vocês vão atacando e um a um vocês vão sendo identificados. Racismo e intolerância mataram e continuam matando milhares de pessoas, e quem pratica esse crime deve ir para o seu lugar, a cadeia”, afiançou.

Ela se referiu ainda aos casos recorrentes com outras personalidades femininas, como o da também atriz Thaís Araújo e à jornalista Maria Júlia Coutinho. “Não adianta entrar na minha página e escrever absurdos, xingamentos e agressões pois vão ter que engolir a mim e a tantas outras pessoas negras em nosso país! Já esperava por isso depois do que fizeram com minhas amigas e colegas”, disse.

Veja, abaixo, post da atriz no Facebook.

Despresíveis Racistas

Não adianta entrar na minha página e escrever absurdos, xingamentos e agressões pois vão ter que engolir a mim e a tantas outras pessoas negras em nosso país! Já esperava por isso depois do que fizeram com minhas amigas e colegas, então quero lhes dizer que saiam da frente com sua inveja, pois estamos passando com o nosso cabelo maravilhoso, com a nossa linda cor, nossa beleza, nossa educação e nossa inteligência. Não adianta colocar uma máscara de macaco no meu rosto ou tentar me ofender porque isto não me atinge! Fui treinada desde criança, e sei o meu valor! Mas atinge milhões de pessoas no Brasil que sofrem essa discriminação todos os dias! E é por elas que resolvi me manifestar. Tomarei as providências cabíveis. Acho melhor tirarem as suas máscaras e se revelarem publicamente, pois se não o fizerem a Polícia Federal o fará. Um a um vocês vão atacando e um a um vocês vão sendo identificados. Racismo e intolerância mataram e continuam matando milhares de pessoas, e quem pratica esse crime deve ir para o seu lugar, a cadeia.

Leia mais:
Cantora Ludmilla é vítima de racismo na Internet
Michel Teló tenta emplacar campanha contra o racismo e é chamado de racista nas redes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.