Sessão na Assembleia é prorrogada para apreciar PEC da Educação em segunda votação

Com isso, cumpre-se o prazo regimental de 24h após a primeira apreciação, que aprovou o texto com 30 votos

Talles Barreto (PSDB) e Bruno Peixoto (MDB) na Alego | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O deputado estadual Bruno Peixoto (MDB), líder do Governo na Assembleia Legislativa de Goiás, pediu e foi prorrogada a sessão ordinária desta quarta-feira, 11, a fim de dar a diferença 24h do horário em que ocorreu a votação da PEC da Educação. A matéria foi aprovada na noite de terça, 10, por 30 votos a nove.

Em relação ao pedido de prorrogação, se manifestaram contrariamente os deputados Talles Barreto (PSDB), Lêda Borges (PSDB), Adriana Accorsi (PT), Antônio Gomide (PT), Dr. Hélio (PSDB), Cláudio Meirelles (PTC) e Henrique Arantes (PTB).

A PEC da Educação prevê a junção do orçamento de 2% aos 25% da educação básica, mas, ainda, a retirada de cerca de 4% dos inativos e remanejamento para o Goiás Previdência.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.