Servidores federais de Goiás protestam contra reforma da Previdência em Goiânia

Organizadores esperam cerca de 800 pessoas em ato na próxima sexta-feira (16/2). Concentração será às 8 horas em frente à Assembleia Legislativa de Goiás

A Frente dos Servidores Federais em Goiás (FSF-GO) organiza para a próxima sexta-feira (16/2) um protesto contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287 da reforma da Previdência, prevista para ser colocada em votação na Câmara dos Deputados nos próximos dias.

Segundo a organização, o protesto será pacífico e terá concentração em frente à Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), às 8 horas da manhã. De lá, os manifestantes seguem até o Palácio Pedro Ludovico Teixeira, na Praça Cívica, onde haverá panfletagem e adesivaço nos carros.

São mais de quinze categorias que integram a FSF-GO e a União dos Policiais do Brasil-Goiás. Os organizadores esperam cerca de 800 pessoas. Além de serem contra a proposta do governo Michel Temer, os servidores também protestam pela valorização do serviço público.

“Será uma oportunidade de mostrar ao povo as mentiras que o governo Temer está contando. Não existe excesso de servidor no Brasil, muito pelo contrário, há uma enorme defasagem em todas as áreas. Sem falar que a reforma Previdência vai prejudicar muita gente. As coisas não são com eles contam”, afirma o presidente do SinPRF-GO e um dos representantes da FSF-GO, Paulo Afonso Silva.

 

3 respostas para “Servidores federais de Goiás protestam contra reforma da Previdência em Goiânia”

  1. WELLINGTON ANDRADE disse:

    E quem vive do MINIMO ? quem vai ajudar. Acorda Brasil já. Fora corruptos e omissos já.

  2. WELLINGTON ANDRADE disse:

    Acorda povo já se unir e cobrar reformas nas leis e na constituição já basta de regalias e basta de abafar. rever e melhorar a vida de quem vive do minimo já. Acorda Brasil já fora partidos, políticos e sindicatos corruptos e omissos já.

  3. WELLINGTON ANDRADE disse:

    Basta de regalias e basta de desigualdade social já rever,melhorar e reajuste digno para quem vive do minimo já. Acorda Brasil já. fora partidos, políticos e sindicatos corruptos e omissos já. Acorda povo já reformas já.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.