Servidores do sistema penitenciário passarão por testagem em massa de Covid-19

A ação é desenvolvida pelo Comitê de Gerenciamento de Crise da DGAP no Enfrentamento ao Coronavírus 

Foto: Governo de Goiás

Promovida pelo Governo de Goiás através da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), teve início na última sexta-feira, 5, a testagem em massa de servidores penitenciários para diagnóstico da Covid-19.

A ação é desenvolvida pelo Comitê de Gerenciamento de Crise da DGAP no Enfrentamento ao Coronavírus, o qual é composto por servidores penitenciários das áreas de Reintegração Social, Segurança Penitenciária, Gestão Integrada, é presidido pelo Diretor-geral, coronel Agnaldo Augusto da Cruz. A equipe é constituída por membros do Comitê, além de servidores da Superintendência da Polícia Técnico-Científica (SPTC) e da equipe de saúde da unidade prisional.

Nesta primeira etapa, o esquema de testagem ocorre no Presídio Estadual de Formosa, para atendimento das equipes administrativas e operacionais da unidade e de servidores da Casa de Prisão Provisória (CPP) de Formosa e da Unidade Prisional Regional (UPR) local.

Em Formosa, cerca de 220 servidores devem ser testados durante os dois dias da ação. O procedimento consiste em uma primeira fase de entrevista com o servidor e preenchimento de formulário para conhecimento do histórico de saúde, presença de sintomas e possíveis contatos com terceiros infectados.

Servidor terá acompanhamento, caso teste positivo

Segundo integrante do Comitê da DGAP, Ana Távora, “depois dessa entrevista, a equipe faz a coleta do material biológico para realização do teste rápido. Caso o resultado aponte positivo para Covid-19, o servidor, de imediato, será encaminhado à quarentena, como determina os protocolos, e junta médica para providências necessárias”, destaca. O Comitê faz acompanhamento diário do servidor, em caso de diagnóstico positivo.

Os testes rápidos para detecção da Covid-19 estão sendo disponibilizados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) para serem utilizados nos servidores de todas as forças que compõem a Secretaria de Segurança Pública, pasta conveniada para a execução do procedimento.

Conforme o coronel Agnaldo Augusto da Cruz, que coordena toda a ação, a testagem será uma contínua e vai abarcar todos os servidores da pasta, tanto das atividades operacionais quanto da área administrativa.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.