Servidores do Basileu França ocupam prédio da Sefaz em Goiânia

Manifestantes aguardam posicionamento sobre repasses a OS e posterior pagamento de salários atrasados

Na manhã desta terça-feira, 18, professores e servidores técnico-administrativos do Instituto Tecnológico (Itego) em Artes Basileu França ocuparam o gabinete da Secretaria da Fazenda do Estado de Goiás (Sefaz), no Setor Vila Nova, em Goiânia. Os manifestantes pedem posicionamento quanto aos repasses para a Organização Social (OS) Centro de Gestão em Educação Continuada (Cegecon).

O grupo, mobilizado na Sefaz desde as 9h, diz que pretende permanecer no prédio até as 16h desta terça, 18. Os funcionários da instituição estão sem receber salário há três meses e, sem previsão, cobram do Governo explicações sobre o pagamento à OS que administra o instituto e paga os servidores.

Apesar da previsão inicial de horário, os manifestantes estão dispostos a se estender na sede após o horário comercial, caso não sejam atendidos. Em nota, a categoria diz que o objetivo é garantir um natal digno para os servidores que “tiveram seus direitos lesados, por enquanto, sem nenhuma definição quanto à data de pagamento”.

A Cegecon se posicionou sobre o assunto, dizendo que tem feito diligências diárias na Secretária de Desenvolvimento Econômico (SED) solicitando a liberação dos valores referentes aos salários do pessoal lotado nas unidades que a OS administra.

A instituição afirma, ainda, que só aguarda liberação dos recursos pela Sefaz, já que, aparentemente, o Governo do Estado empenhou os devidos valores. Segundo a Cegecon, após o repasse, será possível quitar as folhas do período de setembro a dezembro de 2018.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.