Servidor do Ibama é afastado por envolvimento no caso de jovem picado por Naja

Empregado no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), funcionário será alvo de processo administrativo disciplinar interno

Foto: Reprodução.

Um servidor do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis(Ibama) foi afastado, nesta sexta-feira, 17, por suspeita de envolvimento com o caso do estudante de medicina veterinária Pedro Kambreck, 22 anos, picado pela Naja.

Empregado no Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), o servidor será alvo de processo administrativo disciplinar interno.

Após ser picado por serpente de origem asiática, Pedro Kambreck ficou uma semana internado na UTI. O animal foi adquirido de forma clandestina pelo rapaz.

Os investigadores aguardam o melhor momento para fazer Pedro deixar o isolamento para seguir até a delegacia colaborar com as investigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.