Servidor da prefeitura é preso no prédio da SMT suspeito de estupro

Josimar Pereira da Costa, de 37 anos, atua como servidor operacional da SMT, no setor de sinalização viária

A Guarda Civil Metropolitana prendeu, após denúncia anônima, um servidor da Prefeitura de Goiânia com um mandado de prisão em aberto por estupro de vulnerável em Aparecida de Goiânia.

Josimar Pereira da Costa, de 37 anos, foi preso no prédio da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Moblidade (SMT), no Setor Serrinha. Ele ainda tem passgens por ameaças, roubo e por dirigir sob efeito de álcool.

O suspeito atua como servidor operacional da SMT, no setor de sinalização viária, e foi encaminhado para a Delegacia de Capturas da capital.

Procurada pela reportagem, a assessoria de comunicação da SMT afirmou que o servidor em questão pertence ao quadro de funcionários da Comurg, mas está à disposição da pasta para prestação de serviços. Informou ainda que o crime é anterior à chegada do suspeito na pasta e não compete às atividades exercidas por ele na secretaria e que, por isso, não iria se pronunciar.

Deixe um comentário