Serviço de táxi em Goiânia passa a ter bandeira 2

Taxistas só poderão cobrar nova tarifa após verificação do taxímetro realizada pelo Inmetro

Taxi

Foi assinado nesta segunda-feira (14/7) a lei que permite ao serviço de táxis usarem a bandeira 2. A tarifa será cobrada em diferentes horários dependendo do dia da semana. De segunda a sexta, o período da cobrança acontecerá entre 20h e 6h; nos fins de semana e feriados das 13h até as 6h.

De acordo com o decreto assinado pelo prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), o valor da bandeirada não será alterado e permanece R$ 4. A mudança ocorre somente por quilometro rodado nos horários da bandeira 2. Antes da alteração, uma corrida noturna de aproximadamente 3 km  custaria ao usuário R$ 10; com a nova lei, o cliente passa a pagar R$ 11,50 pelos mesmo quilômetros.   Para quem quer sair da capital utilizando táxi mesmo fora do horário da bandeira 2, segundo o decreto, o taxista pode cobrar a tarifa estipulada para o serviço da nova bandeira.

O Inmetro realizará verificações nos taxímetros antes dos táxis passarem a cobrar a nova tarifa. Esse equipamento precisa passar por tal procedimento anualmente ou sempre que houver alteração no valor do serviço de acordo com a portaria 2001/2002.

A capital conta hoje com uma frota de 1.819 táxis com uma idade média de 2,6 anos, uma das mais novas do pais. Segundo a Prefeitura de Goiânia com o decreto é esperado que a frota cresça aproximadamente 30% no período da noite, melhorando o atendimento para quem utiliza o serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.