Seplanh estuda interditar instituto de pós-graduação no Setor Jaó

Documento está sendo analisado pelo chefe da Pasta que pode conceder mais prazo para que empresa regularize situação

Instituto de pós-graduação do IBC | Foto: Fernando Leite

Os prédios do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) localizados no Setor Jaó podem ser interditados pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh). Uma auditoria foi realizada pela pasta e um documento de interdição, finalizado nesta terça-feira (12/6), está sendo analisado pelo secretário Henrique Alves.

A defesa do IBC apresentou um pedido de prorrogação de prazo para regularização, o que é permitido pelo Código de Posturas da capital. Caso o chefe da Seplanh não conceda a prorrogação do prazo, os prédios poderão ser interditados de imediato.

As três edificações do IBC existentes no Setor Jaó, duas delas na Avenida Venerando de Freitas e outra na Avenida Pampulha, estão irregulares. Todas possuem embargos por modificação de acréscimo no projeto, além de não possuírem o Alvará de Localização e Funcionamento.

Jornal Opção entrou em contato com o Instituto Brasileiro de Coaching que, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que os prédios possuem toda documentação necessária e que estão regulares.

3
Deixe um comentário

3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Bruno Santos

A associação de moradores do Setor (Amojao).Se reuniu com a comunidade na última quarta-feira dia 20 de Junho na (Affim ).Juntamente com o Deputado Estadual Bruno Peixoto , que sempre representou o Setor Jao em diversas oportunidades. Para debater sobre o assunto dos prédios do IBC e a sua funcionalidade.Estiveram presentes na reunião representantes do Instituto. Que ouviram as reclamações dos moradores e falaram que ainda estão se adequando as exigências da legislação da prefeitura. Com isso posso concluir que não estão em conformidade e sempre falaram que estavam. Aja vista que não foi apresentado nenhum documento de legalização de… Leia mais

Jose Carlos

“Regularizar”? A má fé dos proprietários da instituição está mais que provada. Os impactos para o setor já são sentidos, principalmente para os moradores mais próximos. Essa aberração deve ser retirada de lá o mais rápido possível.

Marlise

Ironia, ensinando coaching aos outros quando o próprio IBC faz tudo à margem da lei!