Como o afastamento será inferior a 120 dias, o suplente de Chico Rodrigues, que é seu filho, não assumirá mandato

Senador Chico Rodrigues / Foto: Reprodução

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR) protocolou seu pedido de afastamento no Legislativo. Flagrado com R$ 33 mil escondidos na cueca, o senador pediu o afastamento das atividades por um período de 90 dias.

Conforme mostrado pelo Blog da Andréia Sadi, como o afastamento será inferior a 120 dias, o suplente do senador, que é seu filho, não assumirá o mandato.

O dinheiro encontrado na cueca do senador foi apreendido durante uma operação da Polícia Federal que fez uma varredura em sua residência para apurar um suposto esquema envolvendo desvio de recursos públicos, em Roraima.

O senador nega todas as acusações e diz que o dinheiro serviria para pagar funcionários.