Ex-presidente era acusado pelo seu papel no ataque ao Capitólio, ocorrido em janeiro deste ano. Foram 53 votos a favor do impeachment

Eram necessários dois terços dos votos no Senado para que Trump sofresse o impeachment |Foto: Shealah Craighead/Official White House Photo

O sábado foi de vitória para Donald Trump. O ex-presidente dos Estados Unidos foi absolvido pelo Senado dos Estados Unidos em seu segundo julgamento de impeachment. Trump estava sendo julgado pelo seu papel no ataque ao Capitólio, ocorrido em janeiro deste ano.

A absolvição foi decretada após cinco dias de julgamento. Foram 57 votos favoráveis ao impeachment e 43 contra, entretanto, eram necessários dois terços de votos favoráveis para condenar Trump, acusado pelo crime de incitamento à insurreição. Para os democratas, adversários políticos de Trump, o ataque ao Capitólio foi estimulado pelo ex-presidente em um comício. Entretanto, a defesa de Donald Trump argumentou que as palavras no comício estavam protegidas pelo direito constitucional à liberdade de expressão e disseram que Trump não teve acesso ao devido processo legal. 

O processo de impeachment de Donald Trump buscava impedir o ex-presidente de assumir cargos públicos futuramente. Os favoráveis ao pedido de impeachment de Donald Trump argumentaram que, na iminência de assumir um cargo no futuro, Trump não hesitaria em novamente incitar a violência política. 

Durante a votação, Mitt Romney, Richard Burr, Bill Cassidy, Susan Collins, Ben Sasse, Pat Toomey e Lisa Murkowski, senadores republicanos votaram ao lado dos democratas pedindo o impeachment do ex-presidente.