Sem receber notificação, nova Executiva do Pros ainda não desocupou sede do partido em Brasília

Juiz Hilmar Castelo Branco fixou um prazo de 48h para que local seja desocupado de maneira voluntária. Segundo ele, nova Executiva não provou legalidade ao depor Eurípedes Júnior da presidência

Foto: Reprodução/Internet

A atual Executiva Nacional do Pros ainda não foi notificada sobre a determinação de reiteração de posse proferida pela Justiça do Distrito Federal na última sexta-feira, 31. Acontece que o grupo que alega integrar a nova Executiva Nacional do partido ocupou a sede da sigla sem provar, na interpretação do juiz, a regularidade da decisão que depôs Eurípedes Júnior da presidência do partido.

Vale destacar que foi concedido pelo juiz Hilmar Castelo Branco um prazo de 48h para que o local seja desocupado de maneira voluntária. O magistrado entendeu que os documentos registrados em cartório, que intitulam Marcus Vinicius Chaves de Holanda como o novo presidente da Executiva Nacional, bem como os demais membros, não provam que a deposição dos membros anteriores foi realizada de maneira legal.

Conforme mostrado pelo Jornal Opção, Eurípedes Júnior é acusado de desviar recursos dos fundos eleitorais do partido e adquirir, com os valores, um helicóptero avaliado em R$ 2,4 milhões para fins particulares. A defesa de Júnior argumenta, porém, que ele e todos os seus órgãos partidários permanecem inalterados. Além disso, considera a situação como uma “tentativa de golpe partidário”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.