Sem Iris, PMDB não descarta apoiar candidatura de outro partido em Goiânia

Presidente metropolitano Bruno Peixoto afirma, porém, que decisão será dialogada com lideranças e apresenta possíveis nomes para a disputa 

Após a decisão de Iris Rezende, anunciada na manhã desta quarta-feira (6/7), de “encerrar sua carreira política” e desistir de disputar a Prefeitura de Goiânia nas eleições de outubro, o PMDB em Goiânia busca agora um plano B para o pleito na capital. Segundo o presidente metropolitano do partido, deputado estadual Bruno Peixoto, “o PMDB apresentará nos próximos dias um nome para a disputa à prefeitura. Mas as portas para o diálogo com outros partidos, inclusive para composição, manterão-se abertas. Ou seja, o partido poderá lançar um novo nome ou poderá apoiar outro. Tomaremos essa decisão em conjunto”.

Para o presidente, umas das prioridades agora é manter o diálogo com os outros partidos, mas já apresenta possíveis nomes para representar o PMDB nas eleições. “Já tínhamos conversas adiantadas com pelo menos oito partidos e vamos procurar cada um deles para conversar”.

Quando questionado sobre possíveis nomes do próprio PMDB para a disputa na capital, Peixoto cita os nomes do vice-prefeito, Agenor Mariano, o deputado federal Daniel Vilela, os vereadores Célia Valadão e Clécio Alves, além do próprio nomes, como possibilidades.

Lideranças peemedebistas seguem na manhã desta quarta (6) para uma reunião com Iris Rezende em seu escritório. “Vamos agora começar a pensar em como o PMDB vai se posicionar a partir de agora. Tendo em vista o calor da decisão, qualquer declaração neste momento seria mera suposição. Vamos procurar entender melhor o posicionamento de Iris e, a partir daí, buscar novos caminhos”, disse ao Jornal Opção o vice-prefeito de Goiânia, Agenor Mariano.

Por enquanto, a única definição é a de que as lideranças do partido devem respeitar a decisão de Iris, que é tida como definitiva. “O fato de nós [lideranças do PMDB] querermos que ele seja candidato, a cidade queria essa candidatura, não muda uma decisão que é dele. É importante ressaltar o direito de escolha de uma pessoa que já fez tanto por Goiânia, portanto, o partido agora tem que entender e respeitar essa decisão”,  explicou Agenor Mariano.

Para o presidente Bruno Peixoto, Iris continuará como liderança política mesmo afastado das eleições como candidato. “Recebemos a notícia com grande pesar, pois o Iris é o nosso grande líder, nossa referência política. Iris encerra seu período de disputar eleições, mas com certeza continuará como grande conselheiro do PMDB”.

*Atualizada às 12h30 para acréscimo de informações

No final da manhã, o presidente do diretório municipal, por meio de nota à imprensa, lamentou mais uma vez a decisão de Iris Rezende e afirmando que o PMDB terá candidato próprio em Goiânia. “Mesmo liderando as pesquisas, Iris Rezende resolveu não participar desse processo eleitoral. Todavia, adiantamos que o partido sempre foi protagonista nos pleitos eleitorais em Goiânia, tendo contribuído significativamente para a melhoria da qualidade de vida do goianiense. Sendo assim, aviso que o PMDB terá candidato a prefeitura e manterá o diálogo com outros partidos que acreditam no nosso projeto de fazer o melhor para Goiânia.”, escreveu.

Lei a nota na íntegra:

 

NOTA OFICIAL À IMPRENSA

Recebemos com surpresa a decisão do ex-governador Iris Rezende de não se candidatar a prefeito de Goiânia. O maior líder político da história do estado será sempre um exemplo de homem público e referencial do PMDB. Um homem que deixou um legado para Goiânia e marcou nosso estado. Um homem admirável: forte, coerente, excelente administrador, visionário e sempre preocupado com as necessidade do povo. Iris é a referência do PMDB.

Sempre acreditamos que ele seria a melhor opção para disputar a prefeitura da Capital e, mais uma vez, fazer um excelente trabalho. Todavia, respeitamos a decisão dele, que já fez muito por nós. Mesmo liderando as pesquisas, Iris Rezende resolveu não participar desse processo eleitoral. Todavia, adiantamos que o partido sempre foi protagonista nos pleitos eleitorais em Goiânia, tendo contribuído significativamente para a melhoria da qualidade de vida do goianiense. Sendo assim, aviso que o PMDB terá candidato a prefeitura e manterá o diálogo com outros partidos que acreditam no nosso projeto de fazer o melhor para Goiânia.

Presidente do PMDB Metropolitano, deputado estadual Bruno Peixoto

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.