Sem definição, nova reunião sobre critérios de demissão da Comurg é marcada para sexta (23)

Ainda não é certo o número de 750 servidores que devem ser dispensados

A diretoria da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) realizou nesta segunda-feira (19/3), reunião com representantes do Ministério Público do Trabalho (MPT) para tentar definir os critérios para a demissão em massa de funcionários. Sem definições, um novo encontro foi marcado para a próxima sexta-feira (23).

O Jornal Opção entrou em contato com a Comurg, mas a empresa afirmou que não iria se manifestar sobre a reunião. O MPT, por sua vez, apenas confirmou a nova reunião, mas disse que não iria dar mais informações para não atrapalhar as negociações

Na última quarta-feira (14/3), a empresa anunciou que cerca de 750 funcionários aposentados que continuam prestando serviços devem ser demitidos, mas o número ainda é uma estimativa.

Segundo a nota divulgada pela companhia, as demissões são parte de um plano de reestruturação para que a empresa se adeque à realidade financeira do município, “evitando, assim, sua liquidação”.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
pr Cicero

Eu acredito que ainda vai aparecer uma “mulher maravilha” para “salvar” esses servidores que seriam demitidos… todos sabem quem seria essa pessoa!!!!