Sem coligação, PSDC pretende eleger três deputados estaduais em outubro

Partido presidido por Alexandre Magalhães (Agetul) apoia a pré-candidatura do senador Ronaldo Caiado (DEM) ao governo

Sem coligação alguma na chapa proporcional, o Partido Social Democrata Cristão (PSDC) elegeu três vereadores nas eleições municipais de 2016 em Goiânia. Mesmo considerado pequeno, o partido pretende realizar o mesmo feito na próxima eleição de outubro e eleger três parlamentares, desta vez para a Assembleia Legislativa de Goiás.

“O PSDC mostrou que não há necessidade de uma coligação na chapa de deputados. Vamos concorrer com uma chapa muito igualitária, sem trazer candidatos que venham derramar dinheiro ou que já tenham mandatos há vários anos. Estamos evitando isso e trazendo novos nomes”, explicou o presidente do partido em Goiás, Alexandre Magalhães. “Minha expectativa é eleger no mínimo três deputados”, arrematou.

O PSDC apoia a pré-candidatura do senador Ronaldo Caiado (DEM) ao governo e deve fazer parte de uma coligação de oposição para a disputa por vagas na Câmara Federal. “A oposição ao atual governo de Goiás pretende eleger ao menos 7 deputados federais e queremos que pelo menos um deles seja do PSDC”.

Além de presidente do PSDC Goiás, Alexandre Magalhães é presidente da Agência Municipal  Turismo Eventos e Lazer (Agetul) da gestão do prefeito Iris Rezende (MDB). Os três vereadores do PSDC em Goiânia são Kleybe Morais, Anderson Bokão e Jair Diamantino.

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Brasileiro interessado

Quem são os três candidatos à Deputado Estadual e à Deputado Federal?