Sem cargos no governo Caiado, George Morais diz que PDT participa de forma indireta

Secretária de Educação, no entanto, é do quadro do partido em Rondônia

Presidente do PDT em Goiás, George Morais, que apoiou a candidatura do governador Ronaldo Caiado (DEM), diz que está satisfeito com as decisões dos primeiros dias de gestão e afirma que o partido atua de forma indireta junto ao democrata.

Com nomes mais técnicos à frente das secretarias, nem George, tampouco a deputada federal Flávia Morais (PDT), sua esposa, ocupam cadeiras nas pastas de Caiado. No entanto, eles avaliam como positiva a escolha da secretária da Educação, Fátima Gavioli, que é filiada ao PDT de Rondônia.

Para George, isso mostra que a parceria foi além da campanha e continua de maneira mais discreta. “Ele não está discriminando o PDT, essa é uma pasta importante para nós e estamos satisfeitos”, explica.

Ele ainda comentou a possível entrada de Goiás no Regime de Recuperação Fiscal (RRF). “Caiado fez esse levantamento, tem folha atrasada e o estado tem que buscar recursos para quitar seus compromissos, então esse é um caminho que não pode deixar de ser pensado”, disse.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.