Sem alarde, Renato de Castro se filia ao PMDB

Deputado estadual trocou de legenda para disputar Prefeitura de Goianésia. Situação turbulenta do PT a nível nacional influenciou decisão

| Foto:

Renato disse ainda que aguarda as filiações de vereadores em Goianésia para comemorar: “Só aguardando a hora adequada para poder fazer a festa” | Foto:

O deputado estadual Renato de Castro (PMDB) era um dos parlamentares que pretendia mudar de partido com a janela, aberta no último dia 18 de fevereiro. Relutante com a validade do período de trocas de legenda, no entanto, o deputado ainda era reticente quanto a confirmação dessa mudança e permanecia no PT. Sem fazer alarde, no entanto, ele efetivou sua filiação na última sexta-feira 4/3).

Em entrevista ao Jornal Opção, ele confirmou a troca e o motivo: “O intuito é disputar a Prefeitura de Goianésia”. Segundo ele, a opção pela mudança de legenda vem da força do PMDB em sua cidade natal. “Nosso líder maior, Gilberto Naves, é do PMDB, de modo que o PMDB em Goianésia tem um nome mais forte que o PT”, afirmou ele.

Renato destacou que, apesar de o PT e PMDB caminharem juntos em Goianésia, o período de turbulência por que passa o Partido dos Trabalhadores a nível nacional faz com que o cenário para o PMDB seja mais frutífero: “Nós achamos que dentro do grupo PT-PMDB de Goianésia, disputar a eleição dentro do PMDB é infinitamente mais favorável neste momento”, defendeu.

Sobre a comemoração oficial, Renato brincou: “Só aguardando a hora adequada pra poder fazer a festa”. O deputado explicou que a intenção é fazer uma celebração só, visto que o PMDB em Goianésia deve ter outros filiados antes do fim da período de troca: “Ainda tem a janela dos vereadores e vamos aguardar bastante gente vindo filiar conosco no PMDB de Goianésia”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.