Segundo Mourão, investimentos voltam quando Brasil mostrar bons resultados no meio ambiente

“O governo tem que adotar medidas usando os meios que tem, no caso o apoio das Forças Armadas nas atividades de fiscalização”, disse Mourão sobre medidas para controlar desmatamento na Amazônia

Foto: Agência Brasil

Em uma live do fundo Genial Investimentos realizada nesta segunda-feira, 13, o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que os investidores irão voltar a colocar recursos no Brasil quando o país mostrar resultados positivos na área ambiental, No entanto, Mourão, que é coordenador do Conselho da Amazônia, reconheceu que os índices de desmatamento neste ano não devem ser inferiores aos de 2019.

“Em termos de desmatamento não será melhor que o ano passado. Deveríamos ter começado as operações em dezembro, no mais tardar em janeiro deste ano. Mas o Conselho da Amazônia só foi criado em fevereiro”, afirmou.

“A partir do momento que apresentarmos resultados positivos eu tenho a visão de que todo mundo vai voltar a investir bem no Brasil”, declarou o vice-presidente na live.

Mourão afirmou que a primeira coisa que o governo precisa fazer é reconhecer que o desmatamento na Amazônia ultrapassou os limites do aceitável. De acordo com ele, o problema ocorre em parte devido ao fato de o governo ter recebido as agências ambientais com apenas metade do efetivo que já tiveram.

“O governo tem que adotar medidas usando os meios que tem, no caso o apoio das Forças Armadas nas atividades de fiscalização”, disse Mourão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.