Segue para sanção projeto que exige presença de psicólogos em escolas de Goiás

Matéria de autoria do deputado estadual Francisco Jr foi aprovada em segunda e última votação nesta semana

Segue para sanção do governador do Estado, José Eliton (PSDB), projeto de lei que tem como objetivo disponibilizar na rede pública estadual de educação o serviço de psicologia escolar. A propositura tem autoria de Francisco Jr, deputado estadual pelo PSD, e foi aprovada em segunda votação em sessão extraordinária da Assembleia Legislativa de Goiás na tarde da última terça-feira (3).

Apresentada ainda no mês de agosto do ano passado, a propositura busca fornecer um ambiente mais saudável em escolas estaduais de educação básica, através da figura do psicólogo escolar.

O profissional, devidamente habilitado, deverá atuar junto às famílias, professores, alunos, direção e a equipe técnica da escola, com o objetivo de melhorar o desenvolvimento humano dos alunos, as relações professor-aluno e aumentar a qualidade e eficiência do processo educacional.

Ao falar sobre o projeto, Francisco Jr ressalta que a figura do psicólogo escolar surge para colaborar com a comunidade educacional. “O professor na sua correria e com o número de alunos que tem, não consegue mais fazer esse acompanhamento individualizado do aluno. O psicólogo educacional é um profissional que vai estar qualificado, preparado para estar auxiliando os alunos a partir da sua realidade e dramas pessoais”, detalhou o deputado.

Caso seja sancionada pelo governador do Estado, a lei entra em vigor 180 dias após a sua publicação.

Deixe um comentário