A sede da União Brasileira de Escritores de Goiás (UBE), foi depredada na noite de terça-feira, 21. O local fica no centro de Goiânia. A instituição foi fundada em 1945 e é uma das entidades mais antigas do Estado. O local já deu teve vários nomes: Gilberto Mendonça Teles, Bernardo Elis, Miguel Jorge e Geraldo Coelho Vaz. 

“A entidade foi invadida, toda revirada. Um problema circunstancial de segurança em um momento que passamos por uma pequena reforma. Essa reforma acabou interferindo na parte elétrica e o alarme não ligou. Nesse único dia que o alarme não ligou foi o dia em que a entidade foi invadida. […] De prejuízos tivemos diversos documentos que foram prejudicados, molhados, obras de arte da pinacoteca que foram atiradas ao chão”, disse o presidente da UBE, Ademir Luiz, a CBN.

Um abraço coletivo pela cultura e segurança pública acontece no sábado, 25, às 17h, na sede da UBE, na Rua 21, no Centro de Goiânia