Secretário de governo acolhe proposta de pagamento de dezembro feita por Fórum

Resposta do governador Ronaldo Caiado deve vir na quarta-feira, 23. Enquanto isso, haverá paralisação até esta data

Foto: divulgação

Após a reunião convocada pelo governo com o Fórum em Defesa dos Servidores Públicos do Estado de Goiás durante a assembleia geral e unificada das categorias nesta segunda-feira, 21, em frente ao Palácio Pedro Ludovico, o secretário de governo Ernesto Roller (MDB) decidiu acolher a mais uma proposta dos servidores sobre o pagamento da folha de dezembro de 2018.

A proposta, dada sem muitos detalhes, de acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), Bia de Lima, é de que o governo pague a folha de dezembro de 2018 em fevereiro e que a de fevereiro seja negociada. Durante o anúncio, os servidores, não satisfeitos, clamavam por greve geral.

“Caso o governador não aceite pagar em fevereiro, não restará outra alternativa a não ser anunciar a greve na quarta-feira [23]. O governo quer fazer caixa com o salário do servidor”, declarou Bia, confirmando que até data da resposta do governador Ronaldo Caiado (DEM), haverá paralisação em órgãos estaduais.

“É o governo que vai decidir, se quer greve geral ou se vai ser só a paralisação”, finalizou a presidente do Sintego.

Já a assessoria do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público do Estado de Goiás (SindiPúblico), haverá uma nova assembleia marcada pra quarta, às 16h, na sede da Secretaria de Fazenda.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.