Secretário de Finanças de Goiânia anuncia metas para saldar déficit de caixa da prefeitura

Secretário de Finanças, Jeovalter Correa, que assumiu no lugar de Cairo Peixoto | Foto: Marcello Dantas/Jornal Opção

Secretário de Finanças, Jeovalter Corria, que assumiu no lugar de Cairo Peixoto | Foto: Marcello Dantas/Jornal Opção

A Prefeitura de Goiânia tem quatro metas mobilizadoras para tentar saldar o déficit no caixa em 2014. O aumento em 15% nas receitas próprias, a diminuição com gastos em folha de servidores em 6% ao mês e de despesas com custeio em 16% até agosto, além da obtenção de receitas extraorçamentárias via operações de crédito, em R$ 300 milhões.

As informações foram divulgadas na manhã desta quarta-feira (14/5) pelo secretário de Finanças, Jeovalter Correia, durante apresentação de dados a jornalistas no 6º andar do Paço Municipal.

Segundo o titular da pasta, algumas ações já estavam previstas no plano de governo do prefeito Paulo Garcia (PT), como o aumento do IPTU/ITU. Outras, foram propostas a partir de relatório produzido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), contratada pela prefeitura para fazer levantamento das contas administrativas.

Leia Mais:
Jeovalter Correia é nomeado secretário de Finanças de Goiânia
Cairo Peixoto será substituído por Jeovalter Correa na Secretaria de Finanças da Prefeitura de Goiânia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.