Secretário alerta: Uber não é assunto para Assembleia Legislativa

Thiago Peixoto critica projeto de deputado estadual que proíbe aplicativo em Goiás

"Sou 100% pró-Uber", defende deputado federal licenciado | Divulgação

“Sou 100% pró-Uber”, defende deputado federal licenciado | Divulgação

O secretário estadual de Gestão e Planejamento, Thiago Peixoto (PSD), voltou a defender a plataforma Uber, que opera em Goiânia desde o final do último mês. Em entrevista ao Jornal Opção, o deputado licenciado criticou a proposta do deputado Jean (PHS), que proíbe a atuação do aplicativo de transporte de passageiros na capital.

Para Thiago, a discussão não deve ser pauta para a Assembleia Legislativa de Goiás e frisa que o projeto do parlamentar, na prática, não possui efeito legal.

“Essa discussão cabe em nível municipal e federal, não cabe à Assembleia. O projeto contra o Uber não tem efeito legal nenhum. Quem podem legislar sobre a questão estão nas esferas federal e municipal”, alerta.

Defensor ávido da plataforma, Thiago chegou a ser convidado pela empresa para ser o primeiro passageiro a ser transportado na capital, no dia 28 de fevereiro. Além disso, no ano passado, o deputado federal apresentou um Projeto de Lei na Câmara dos Deputados que propõe uma regulamentação nacional do uso do aplicativo.

Em entrevista, o secretário voltou a defender a plataforma. “Eu sou 100% pró-Uber. Entendo que ele colabora com a mobilidade urbana e Goiânia não pode ficar para trás. Quem pensa ao contrário está a favor do retrocesso”, sentenciou.

3 respostas para “Secretário alerta: Uber não é assunto para Assembleia Legislativa”

  1. Avatar João Marcos Teixeira disse:

    uber <3

  2. Avatar Espírito Santo disse:

    Ganho bem dirigindo com a Uber. e acho que você vai gostar também. Veja os detalhes: https://get.uber.com/drive?invite_code=jvn5nguek

  3. Avatar Tiago Martins gontias disse:

    Interessante que os taxistas rejeitam chamadas nas suas radio taxis para setores longe do centro, final de semana nem se fala uma luta para conseguir um taxi… E claro que são contra o uber pois a maioria do pessoal que tem licença do taxi aluga as suas licenças e não estão interessados em benefícios para a população

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.