Secretaria de Saúde confirma febre amarela em macaco encontrado morto no Zoológico

Por precaução, visitantes terão que apresentar cartão de vacinação. Segundo a SMS, não há motivos para pânico, mas quem mora próximo ao local deve se imunizar

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) confirmou, nesta quinta-feira (30/3), que o macaco Guariba encontrado morto no Zoológico estava com febre amarela. Segundo a SMS, no entanto, não há motivos para pânico: Duas doses da vacina contra a doença bastam para que a pessoa esteja imunizada por toda a vida.

Quem coletou as amostras do macaco foi a Diretoria de Zoonoses de Goiânia, que encaminhou o material para o Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e, agora, mandará as amostras a laboratórios de Brasília e São Paulo para novas comprovações. Ainda de acordo com a SMS, não há indícios de que o vírus esteja circulando entre humanos na capital.

A recomendação, no entanto, é para que a população que mora próximo ao Zoológico procure um posto de saúde, caso não tenha tomado as duas doses, para se imunizar. Além disso, o local vai começar a exigir cartão de vacinação de todos os visitantes, por precaução morto

É necessário apresentar o cartão de vacinação para comprovar a necessidade de uma nova dose – quem não tiver o seu, pode verificar o cartão eletrônico disponível em todos os cais. Até agora, 94% dos goianienses já estão devidamente vacinados.

Febre amarela

A febre amarela é transmitida pela picada de dois mosquitos – o Haemagogus e o Aedes aegypti, que não é tão eficiente – e é uma doença que se manifesta inicialmente com um quadro de doença viral comum, com sintomas de febre, mal-estar e dor no corpo.

Normalmente, estes sinais desaparecem em cerca de três, quatro dias. No entanto, se o quadro se complica, eles voltam subitamente. É nesta segunda onda que costumam se manifestar os sintomas mais característicos, como olhos amarelos, mal-estar, com náuseas, vômitos e indisposição.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.